Site com dicas de viagens.

Alsácia (França) e Breisgau (Alemanha): Um roteiro legal!

5 (100%) 1 vote[s]

colmar3Gosto de viagens de todo tipo, mas tenho uma verdadeira paixão por cidades pequenas. Vou dar uma dica legal de um roteiro pela Alsácia (foto ao lado) na França e pela região de Breisgau na Alemanha. Eu fiz de bike, mas é um roteiro que pode ser feito de carro ou de trem, claro!

E vou viajando nas aventuras enquanto posso, hehehe! Já fiz duas viagens a pé pelo Caminho de Santiago e outra de bike pelo sul da França. Um amigo me indicou um site legal que tem “mil e um” roteiros de bike e caí de amores por quase todos. Depois de uma dificuldade enorme em escolher qual, me defini por um deles devido a alguns fatores, como: as cidadezinhas por onde iríamos passar eram todas lindas, passávamos pelas margens do rio Reno quase o tempo todo e ao lado da Floresta Negra  Amei!

Junho, pra mim, é a melhor época pra fazer viagens de aventuras. E, não queria passar a Copa do Mundo aqui. Então, toda animada comecei a viajar na viagem. Mas infelizmente as passagens caríssimas (devido à Copa?) me fizeram adiar esse sonho. Fui no final de setembro, começo de outubro que também tem um clima legal.

Vou falar um pouco sobre as cidades do roteiro e sobre as duas regiões que fazem parte desse roteiro: Alsácia e Breisgau.

1) Cidades do Roteiro:

Lado Alemão (Breisgau): Freiburg, Endingen, Malterdingen, Rust, Mahlberg, Kehl.

Lado Francês (Alsácia): Strasburg, Molsheim, Obernai, St. Hippolyte, Riquewihr, Hunawihr, Ribeauvillé, Colmar, Eguishelm.
 

2) Região de Brisgóvia ou Brisgau (Breisgau em alemão)

É uma região no sudoeste da Alemanha, que fica entre o rio Reno e o sopé da Floresta Negra em redor da cidade de Friburgo (ou Freiburg) e que é a maior cidade dessa região. Freiburg é a cidade mais ensolarada e quente da Alemanha.

Freiburg (fonte)

Freiburg (fonte)

É  uma cidade linda, cercada por montanhas (Rosskopf e Bromberg a leste, e ao sul e oeste pelas montanhas Schönberg, Tuniberg e Kaiserstuhl). É também conhecida como a “Toscana da Alemanha”.  A colina Hausberg a 1.284 metros de altura, além dos muitos lagos na cidade e nos arredores são outros exemplos que fazem a cidade ainda mais bonita.

O centro é livre de carros e é conhecida por ser ecologicamente correta . Tem a fama de ser uma cidade de bicicletas. O centro se espalha aos pés do Schlossberg e em volta da linda catedral. É legal caminhar pelas ruazinhas e pelas principais praças da cidade, como a Münsterplatz e a Rathausplatz.

Freiburg (fonte)

Freiburg (fonte)

As praças fantásticas são um cenário maravilhoso para dezenas de grandes e pequenas festas e festivais realizados todos os anos. Há muitos restaurantes com mesinhas espalhadas nas praças, principalmente na Münsterplatz e dizem que a comida é maravilhosa.

Depois de uns dias em Freiburg, você pode seguir uma rota que atravessa os vinhedos de Tuniberg a Breisach ao longo do rio Reno ou, se preferir, siga uma rota alternativa que leva ao sopé dos vinhedos da ensolarada Kaiserstuhl. Ambas as rotas terminam  na cidade medieval de Endingen. Em seguida, passe pelo vilarejo de Sasbach, pelas margens do Reno através dos prados verdejantes  chegando até Rust (onde tem um parque de diversões famoso).

Edimgen (fonte)

Endingen (fonte)

Europapark, Rust (fonte)

Europapark, Rust (fonte)

Depois da cidade de Rust você pode ir margeando o Reno e à direita terá a paisagem da Floresta Negra. Logo chegará a França na bela metrópole alsaciana de Estrasburgo, depois de atravessar o Reno em Kehl, cidade fronteiriça do lado alemão do rio.

3) Região da Alsácia (França)

 A Alsácia é a menor e uma das regiões mais bonitas da França. O rio Reno corta a região à leste. Faz fronteira com a Alemanha ao norte e ao leste, com a Suíça. Circular pela rota do vinho, passando palas cidades de Colmar, Riquewihr, Hunawihr, Ribeauvillé, entre outras, faz você ver a  calma, o verde, as flores e a organização de um jeito francês de ser.  O que a Alsácia tem de mais bonito são os vilarejos. Portanto, se tiver pouco tempo e se gosta de cidades pequenas não vá a Strasburg (a capital da Alsácia). 

Mas, se puder vá a Strasbourg, e não deixe de visitar suas muitas atrações. Estrasburgo (Strasburg) é conhecida pelo seu estilo medieval, suas construções de madeira em preto e branco e o relógio gigante da Catedral gótica. É uma cidade grande, e portanto você precisará de mais dias se quiser conhecê-la a fundo.

Strasburg (fonte)

Strasburg (fonte)

Depois vá pela Rota do Vinho alsaciana que começa em Molsheim (sede da famosa dinastia de carros Bugatti) e leva à várias cidades produtoras de vinho, como Obernai  (que é uma cidade muito legal, clique aqui pra saber mais sobre essa cidadezinha).

Obernay (fonte)

Obernay (fonte)

Você pode seguir na “Route du Vin” através de vinhedos e vilarejos vendo casas de madeira coloridas. Passa por Dambach-la-Ville e chega a St. Hippolyte, que fica no pé de um castelo famoso. A seguir vá às românticas cidades de Ribeauville e Riquewihr com suas suas ruelas medievais que são uma beleza à parte.

St Hippolyte (fionte)

St Hippolyte (fonte)

Finalmente, você chega a Colmar, uma cidade pitoresca conhecida como “Pequena Veneza”, com belas casas de madeira e um canal charmoso que a atravessa. A sugestão é você passar pelo menos um ou dois dias por lá!

Colmar (fonte)

Colmar (fonte)

Colmar (fonte)

Colmar (fonte)

De Colmar você pode ir até Eguishelm, a última cidade do roteiro e super charmosa. Se quiser volte à Freiburg na Alemanha e passe mais uns dias!

Esse roteiro pode ser completado com um tour pelo Lago Constança (ver post aqui)!

Lago Constança (fonte)

Lago Constança (fonte)

5 (100%) 1 vote[s]


Engenheira por formação, fez doutorado em Madrid onde começou sua paixão pela Europa. Aprendeu, com seus pais, desde criança a gostar de viajar. Adora viajar e diz que "sem viajar não me reconheço"! Escreve sobre suas viagens pelo mundo afora de forma divertida e leve. Escritora por hobby, além desse blog tem dois livros de viagens publicados.

Comentário para Alsácia (França) e Breisgau (Alemanha): Um roteiro legal!

  • Ana, você leva a Bike do Brasil ou aluga por lá? Se levar daqui tem que ser desmontada né???

    Maria Tania 8 de setembro de 2014 13:01 Responder
    • Tânia, vou pegar a bike lá, ame indicaram um site de uma empresa a Tripsite que eles tem vários roteiros, vc escolhe e lá vc pega o mapa da rota, a bike e telefones caso a bike tenha algum problema. E ainda reservam os hotéis de cada noite e transportam sua bagagem, Nesse caso vc leva o mínimo nos alforges, tipo uma “muda de roupa”, casaco etc. Qdo fiz o Canal du Midi na França (tem o relato aqui no blog), levei minha bike e deu um trabalhão, pq chegando lá tinha uma peça quebrada e foi horrível pra consertar. Levamos numa mala bike q só desmonta a roda da frente, acho. Mas depois desse “achado” do site direi depois a qual a melhor opção!

      Ana Célia 8 de setembro de 2014 16:57 Responder
  • Oi Ana. Amei seu roteiro. Estou pensando em fazer de carro. Senti falta de saber quanto tempo levaria, você cita as cidades mas não quanto tempo entre elas. Pensei em partir da Suíça. Pode me ajudar? Obrigada. Beijos

    Anna 5 de junho de 2015 13:51 Responder
    • Oi Anna
      Fiz de bike em set/outubro passado. Tem outros posts com mais detalhes, só que by bike! Procure os posts em Viagens: em Alemanha e França (Alsácia), ou em “Roteiros” e depois “Bike”. Depois fiz de carro saindo de Breisgau indo para o Lago Constance, Suiça, Austria etc. Tem tb os posts (procure em Alemanha e Austria). Claro que posso ajudar. 😉 Se quiser conversar mais por email pode enviar para anaceliacavalcanti@yahoo.com.br.
      bjs

      Ana Célia 10 de junho de 2015 19:37 Responder
      • Muito obrigada Ana. vou ler seus posts sobre Suíça e depois voltamos a falar. Bjs.

        Anna 11 de junho de 2015 0:02 Responder
  • Parabéns Ana. Belo post, ótimas imagens.

    A Alsácia é um roteiro maravilhoso. Belas e pequenas vilas, vinhos brancos da melhor qualidade e muito da cultura alemã na França.

    Estivemos lá em Out/2014. Segue relato:

    https://vinhagem.wordpress.com/2015/06/23/alsacia-um-pedaco-da-alemanha-na-franca/

    Leonardo 16 de dezembro de 2015 11:23 Responder
    • Obrigada Leonardo! 😉

      Ana Célia 28 de dezembro de 2015 18:09 Responder
  • Encantadora essa região do interior da França! Lugar maravilhoso, com cidadezinhas lindas! Conhecemos a região em agosto de 2015 e relato no meu blog: http://www.liveforexperiences.blogspot.com.br/

    Sabrina 30 de março de 2016 0:13 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...
%d blogueiros gostam disto: