Site com dicas de viagens.

CANAL DU MIDI: OS DIAS EM SÈTE

Avalie esta postagem

Canal du Midi 2 306Depois de pedalar quase uma semana pelo Canal du Midi (ver aqui), ficamos quatro dias em Sète, três em Bordeaux e dois em Toulouse. Vamos falar contar um pouco desses outros dias sem bike, a começar por Sète…

Chegando a Sète, tínhamos alcançado nosso objetivo: Cruzar o Canal de Midi (de Toulouse* até Sète). O referido canal  foi construído com  o propósito de chegar ao mar Mediterrâneo (desde o Oceano Atlântico) para fins de comércio. Atualmente não é usado não mais para comercializar e sim para “turistar”.

*Obs. Não iniciamos nossa viagem-passeio no Atlântico porque nossa intenção era “fazer o Canal de Midi”, e de bicicleta. O mesmo começa em Toulouse, onde se conecta ao canal de Garonne (abastecido pelas águas do rio do mesmo nome e que desemboca no oceano atlântico, logo após a cidade de Bordeaux), dando continuidade a este. Assim , o Canal Du Midi “vai” de Toulouse até a lagoa de Thau, onde se junta ao canal de Rhône para atingir o mediterrâneo, tendo Séte como principal porto.

Bikes "estacionadas" em Marseillan, cidadezinha legal, antes de chegar a Sète.

Bikes “estacionadas” em Marseillan. Cidadezinha legal, antes de chegar a Sète.

Vale salientar que, se você estiver em Sète, você poderá conhecer várias cidadezinhas legais ao redor, como por exemplo Marseillan (foto acima). Afinal, tem muito lugar legal por perto!

EM SÈTE

1) Um pouco de história

Sète é considerada a “Veneza do Languedoc”. pois possui muitos canais cruzando a cidade. Com cerca de 40.000 habitantes, é uma balneário legal e fica na encosta do Monte Saint Clair, entre a Lagoa de Thau, o mar e os canais, sendo um dos maiores portos do Mediterrâneo.

Canal du Midi 2 520

Vista de cima do Monte Saint Clair

A lagoa de Thau é um lago de água salgada fechado onde se “cultivam” ostras e mexilhões. A pesca é uma das principais indústrias em Sète. A gastronomia é rica em frutos do mar e peixes, e o turismo ocorre principalmente em torno do canal principal e do porto de pesca, com seus barcos e inúmeros restaurante e bares, a se escolher.

photo2

Produção de ostras e mexilhões na Lagoa de Thau. Sète ao fundo com o Monte Saint Clair.

É uma cidade cosmopolita com muitos estrangeiros, em particular italianos. Na verdade eu achei que Sète se parece um pouco com algumas cidades italianas, como se os habitantes tivessem alma italiana. Muitas vezes, eu mesma esquecia que estava na França e pensava estar na Itália…

Paul Valery, o poeta,  e Georges Brassens, cantor e compositor, nasceram lá.

Um dos esportes mais praticados por lá são “as Justas” (na água), originadas na fundação do porto em 1666. As Joutes consistem em dois barcos com duas equipes que lutam uma contra a outra, com homens vestidos de branco (com detalhes em azul ou vermelho) e armados com varas e um escudo, procurando desestabilizar o equilíbrio do oponente, e que ficam em partes mais altas do barco, tipo uma “prancha”.

Sète tem 12 km de praia com areia fina, com um litoral formado por antigas salinas e vinhas.  Nas praias, podemos usufruir de bares modernos e com ótima comida. São praias que valem a pena para um bom mergulho e para ficar curtindo a paisagem em bares de alto padrão!

2)  Nossos dias em Sète…

Bom, voltando à nossa viagem, ficamos quatro dias em Sète. Nesses dias, além de curtir o centro de Sète, com seus bares e restaurantes, seus canais, o mercado e o Monte Saint Clair,  fizemos várias outras atividades.

Canal du Midi 2 319

O canal principal de Sète e o Monte Saint Clair atrás.

Além de passeios de barco, fomos às praias e curtimos seus bares legais!

Canal du Midi 2 348

Bar La Ola… Um brinde!

Canal du Midi 2 345

Na praia de La Corniche (no bar La Ola)

Fomos também ao festival de jazz no Teatro de La Mér (um teatro fantástico de frente para o mar e na subida do monte)…

Canal du Midi 2 418

cartazes do festival…

Canal du Midi 2 575

O festival de jazz, no teatro de La Mér.

Ah! Conseguimos assistir a uma joute, quase em frente ao nosso hotel. Da varanda dava pra ver… Falando no hotel, era um hotel bem legal que ficava no canal principal, com varanda e com fachada antiga mas todo reformado por dentro…

Canal du Midi 2 534

As “Joutes” vista da nossa varanda.

A fachada de nosso hotel, à noite.

A fachada de nosso hotel, à noite.

Também alugamos um carro e fomos até Bouzigues, passando por Mèze e arredores. Bouzigues é famosa pelas ostras e mexilhões. Mèze também, só que mais rústica. As duas cidadezinhas são charmosinhas e ficam às margens da Lagoa. Comemos em Bouzigues num restaurante de pescadores indicado por uma vendedora de uma lojinha em Mèze. Comida boa e preço bom! Valeu!

Canal du Midi 2 488

Canal du Midi 2 493

Em Bouzigues

Em Mèze

Em Mèze

Depois de dias divertidos, fomos pra Bordeaux como planejado. Pegamos novamente nossas bikes, até então guardadas na garagem do hotel, e, pedalamos até a estação de trem.

As bikes no trem para Bordeaux…

Passei um sufoco quando percebi que os trens paravam rapidamente, por cerca de dois minutos apenas… Tinha que encontrar o vagão das bikes e o nosso (que era diferente do das bikes), subir no trem com a bike, etc. e tal. Mas, deu tudo certo pois Santiago (mon mari) me ajudou.  Ele subiu a minha bike enquanto eu fui procurar o local de bicicletas no trem. 

Canal du Midi 2 619

As bikes no trem…

A chegada à Bordeaux, na saída do trem, foi um pouco mais estressante. Mas, depois dessa primeira vez fiquei mais tranquila para as próximas…

De Bordeaux, pegamos outro trem pra Toulouse. Nos próximos textos contarei mais (clique  nos nomes das cidades para ver)…

Avalie esta postagem


Engenheira por formação, fez doutorado em Madrid onde começou sua paixão pela Europa. Aprendeu, com seus pais, desde criança a gostar de viajar. Adora viajar e diz que "sem viajar não me reconheço"! Escreve sobre suas viagens pelo mundo afora de forma divertida e leve. Escritora por hobby, além desse blog tem dois livros de viagens publicados.

Comentário para CANAL DU MIDI: OS DIAS EM SÈTE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...
%d blogueiros gostam disto: