Site com dicas de viagens.

Cantábria: Santillana del Mar e San Vicente de la Barquera

Avalie esta postagem

IMG_5472De Santillana, eu tinha uma lembrança recorrente: Suas casas de pedras, em especial um hotel ou restaurante em que paramos pra comer algo a tempos atrás. Tempo em que meus filhotes eram pequenos e fizemos uma viagem por lá, pelo norte da Espanha, pela Cantábria e pela Galícia.

Me lembro também da cidra. De um lugar em que sentamos e o próprio dono do bar veio e “jogou” (escanciou) a cidra em nossos copos. Onde era mesmo? Não sei, às vezes fogem as lembranças desse tempo… Me lembro ainda dos barcos de San Vicente de la Barquera, da linda paisagem que vi ao chegar por lá…

Bom, então, com tudo isso na cabeça, resolvi voltar! Planejamos alugar um carro em Logroño (que seria nossa cidade-meta de um trecho que fizemos do Caminho de Santiago – ver postagens aqui) e de lá ir para vários lugares da Espanha. Santillana del Mar, claro, era um deles.

Reservei logo um parador* para ficarmos! E fiquei sonhando em voltar a ver toda aquela beleza…

*Os Paradores Nacionales de Turismo são uma cadeia de hotéis de alta qualidade da Espanha, que existe desde 1928. A maior parte dos paradores encontram-se em centros históricos ou zonas naturais classificadas, frequentemente ocupando edifícios históricos recuperados (fonte).

Nossos dias em Santillana

Depois de passar um dia em Burgos, pegamos nosso carrinho e subimos pra Cantábria.

Ao chegar em Santillana já fui reconhecendo os lugares. Muito legal! Parecia que estávamos em outro tempo, em outra esfera… Procuramos o parador e já nos instalamos. Beleza de lugar!

O Parador

O Parador

O Parador de Santillana del Mar é um casarão antigo, todo reformado por dentro e que mantém a arquitetura típica da região. Cercado por jardins com muito verde, especialmente na parte de trás, onde podemos ver das janelas dos quartos. Foi declarado Monumento Nacional.
P1010973

Na frente do Parador

Depois saímos a andar pela cidadezinha. Santillana é um “pueblo” medieval lindinho! Não há como descrever, melhor mesmo é ver! Ficamos dois dias e meio por lá, sendo que num deles fomos a San Vicente de La Barquera.

No centro histórico não passa carros, assim é mais interessante caminhar por lá.  Entre os prédios da parte histórica (e que tem mais de cem anos) estão a Casa del Águila e a Casa de la Plaza, também merece destaque a estátua de homenagem ao homem de Altamira e o fabuloso edifício do Ayuntamiento (prefeitura).

É interessante passear pela Plaza Mayor de Ramón Pelayo e pelas ruazinhas que partem dela, e assim vamos descobrindo o charme desse pueblo cantábrico, com suas casas com balcões floridos, construídas há séculos!

P1010974

Na praça

P1010977

Na entrada da cidade…. Acho que foi nesse hotel aí que paramos da outra vez… Muito parecido!

P1010980

Pelas ruazinhas…

P1010983

E mais das ruas estreitas e charmosas…

P1010981

Um bar legal

P1010987

Museu da Tortura? ôps! Ui!

P1010989

Suas construções antigas….

IMG_5503

Casas e seus balcões com vasos de flores

Mais balcões floridos

Mais balcões floridos

Em nossas andanças por Santillana, provar as iguarias locais também fazia parte dos desejos que me “perseguiram” por anos (risos!). Assim, petiscamos em alguns lugares, tomamos cidra em outros, almoçamos e jantamos em bons restaurantes… E, deu pra “matar a saudade” por uns tempos a mais!

Jardins de um dos restaurantes

Jardins de um dos restaurantes (La Huerta del Indiano)

IMG_5480

As deliciosas “tapas” num bar!

IMG_5483

IMG_5484

San Vicente de La Barquera

A imagem dos barcos num dia ensolarado, com um céu azul lindo, era o que eu tinha na cabeça. Pena, pois estava nublado ao chegarmos lá! Diferente da minha última vez por lá, tudo estava cinza. Mesmo assim,  gostei!

Depois de estacionar nosso carro no centro, tomamos uma taça de vinho e um café-licor e caminhamos um pouco.

Pegamos o carro outra vez e fomos “pros lados” das praias. E, paramos num restaurante fantástico (com estrela Michelin) que estava na nossa lista. Mas, eu tinha dúvidas: Vamos almoçar no mais antigo ou no mais “estrelado”?. Já havíamos dado uma passada no mais antigo e gostamos. Com duas propostas tão diferentes e apenas um almoço, o que decidiríamos? Terminamos decidindo pelo “estrelado” pela localização em frente ao mar. Mas, depois, voltamos ao anterior e ainda sentamos pra tomar uma última “copa de vino”. Valeu!

P1010993

San Vicente! Pena que estava nublado!

IMG_5586

Uma caminhada pelo centro de S. Vicente

P1010994

Igrejinha no alto, com uma paisagem linda pro mar, por perto dela.

P1010999

Paisagem…

P1020003

O restaurante Annua…

IMG_5614

No bar Nácar (no mesmo espaço do Annua). Um drink antes do almoço

Drinks

Drinks

IMG_5635

um dos pratos…

IMG_5636

uma sobremesa

IMG_5577

O outro restaurante: O mais antigo

IMG_5572

Fachada do La Folia. Deu vontade comer essas sardinhas assadas….

IMG_5570

Por aí se encontram vários restaurantes (centro), por perto do La Folia.

San Vicente e seus barquinhos...

San Vicente e seus barquinhos…

Depois dos dias passados por essa região, voltamos ao Caminho de Santiago, dessa vez ” by car”. Saímos de Santillana direto para O Cebreiro, um antigo pueblo celta, por onde começamos a caminhar da primeira vez que fizemos o Caminho…

 

 

Avalie esta postagem

Comentário para Cantábria: Santillana del Mar e San Vicente de la Barquera

  • Adoro essas cidadezinhas sem muito movimento, com construções antigas e ficar caminhando de bobeira. Me dá uma imensa paz!

    Laura 10 de agosto de 2014 15:12 Responder
    • Eu tb Laura!

      Ana Célia 5 de setembro de 2014 1:12 Responder
  • Interessantes, principalmente San Vicente de la Barquera. Gosto desse tipo de cidade, coberta de neblina e à beira mar, com barcos que saem tão bem nas fotos do Instagram. Vou avaliar pro eu próximo roteiro.

    Buenas Dicas 2 de setembro de 2014 13:52 Responder
    • Legal, acho que vale apena mesmo!

      Ana Célia 5 de setembro de 2014 1:12 Responder
    • A Cantábria é uma região legal! Aliás, tudo que conheço na Espanha, gosto. Sou suspeita, pois adoro mesmo a Espanha!

      Ana Célia 8 de setembro de 2014 17:01 Responder
  • Oi, Ana!
    Não sabia que você tinha blog também. Só te conhecia pelo instagram.
    Já fiquei fã. Adoro blogs de viagens.

    Acabei de conhecer a Espanha, mas só Barcelona e Madri. Fiquei apaixonada!
    Espero poder voltar no país e explorar mais uns cantinhos, como você.
    😀

    Beijo

    Teca Machado 4 de setembro de 2014 21:58 Responder
    • Oi Teca, obg pelo comentário. Já morei em Madrid (sou apaixonada!) e no blog tem mtas historias desse tempo rsrs… qdo vc tiver um tempinho escolha umas historias do blog pra dar uma lida e curtir! 😉 bj

      Ana Célia 5 de setembro de 2014 1:11 Responder
    • Pois é Teca, tenho esse blog que comecei a escrever mais “por hobby”, pros amigos… Enfim, parece que está sendo bom pq tem bastante gente lendo e adoro qdo alguém faz uma das viagens que fiz, me pergunta coisas etc e tal. Tenho tb um livro do Caminho de Santiago, que vc pode baixar pelo blog (a direita) pois já esgotou. E tenho outro de NY que lancei ano passado. Bjs

      Ana Célia 8 de setembro de 2014 17:00 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...
%d blogueiros gostam disto: