Site com dicas de viagens.

Miami – Porque sim, porque não!

Avalie esta postagem

thumb_IMG_7252_1024Miami não é bem “minha praia”, não é o tipo de viagem que eu fico muito feliz. Então, por que vou pra lá? Alguns de vocês podem perguntar. “Ah então nem vou ler esse post”, podem estar pensando. Não é curiosa/o? Vamos lá, leiam e saibam o porquê, e juro que vou dar algumas dicas legais (risos!).

Já fui a Miami várias vezes, e (quase) nunca por uma opção minha do tipo: “essa é a viagem que quero ir”. Nunca planejei: “Vou à Miami”! Aliás, minto, uma vez fui para um casamento da filha de um casal muito amigo, e a última viagem que fiz em maio deste ano, foi (quase) por opção sim!

Vamos contar um pouco: Já fui a congressos, então ia apenas ao congresso e voltava. Já fui porque o voo, em que eu ia ou vinha de outro lugar dos EUA, “furou” e tivemos que passar um dia por lá. Já fui porque perdemos uma ou duas conexões e passamos mais um dia por lá, já fui para assistir a um casamento, etc. e tal.

E tenho amigas/os que moram por lá ou que vivem numa “ponte aérea” morando aqui e lá. Algumas (ou alguns) vejo por lá, mas mesmo assim posso vê-los por aqui mesmo ou pelo mundo afora (ôps).

E entre congressos,  casamentos, voos atrasados ou perdidos ou cancelados, fui conhecendo Miami. E mesmo assim, nunca “caí de amores por ela”.

Talvez porque não gosto muito de viajar para fazer compras (até faço, mas jamais saí daqui com essa prioridade), também não gosto (ultimamente) de cidade grande, nem muito moderna, nem cheia de edifícios, blá blá blá. Restaurantes bons? sim, lá tem e muitos, mas temos em muitos outros lugares, basta ir à SP e já temos mil e uma opções, enfim…

E talvez ainda porque aqui no Brasil e especialmente no nordeste já temos lindas praias, com coqueiros e areias brancas e água morninha.

Então, o que dizer? Que atualmente gosto muito de cidades pequenas, gosto muito da Europa (a velha Europa!) e outras pequenas cities do “novo mundo” também… E não tem mais muito explicação não. Coração é terra em que ninguém manda!

Logo, vou me ater a contar apenas um pouco da vez que fui para um casamento e da última vez que fomos a Miami.

Em Miami

1- Casamento em Miami

Jamais faltaria ao casamento da filha de grandes amigos americanos. Eles (os noivos), não moram em Miami (e sim em Baltimore), mas resolveram casar por lá porque queriam casar ao ar livre, curtir o sol, etc e tal. Era um mês de abril.

1.1- O Bairro em que ficamos

Ficamos hospedados num hotel em Coconut Groove, um bairro super legal de Miami, e que ficava por perto da igreja e do hotel em que iria acontecer a recepção do casamento. Fomos eu, meu filho que mora nos EUA, a sogra dele e a minha nora.

Aliás, Coconut Grove, super recomendo ficar por lá, se você quiser sair um pouco da área turística comum, e se curte uma Miami (um pouco) fora dos padrões convencionais. Um bairro que antes era uma pequena vila e que se incorporou a Miami na década de 20. Boêmio, animado e charmoso. Lá você encontra a Baía de Byscayne (Biscayne Bay) e seu Yacht Club. (Para mais detalhes veja esse site).

Coconot Groove. Foto do site.

Coconot Groove. Foto do site.

Biscayne Bay Yacht Club

Biscayne Bay Yacht Club. Foto do site citado.

o jardim de um lugarzinho fofo onde tomamos o café-da-manhã

O jardim de um lugarzinho “fofo” onde tomamos um café-da-manhã. Peacock Garden Cafe! Em Coconut Grove.

Curtimos bastante o bairro Coconut Groove, que nos leva a outra Miami.

1.2- O Casamento e o Hotel Biltmore

O casamento durou uns quatro dias. Era jantar, brunch, casamento em si, etc. e tal. Foi uma maravilha. E encontrar amigos sempre é muito bom.

Meu filhote, minha ora, eu e a sogra de meu filho, nos jardins do Biltmore.

Meu filhote, minha nora, eu e a sogra de meu filho, nos jardins do hotel Biltmore. Jantar prévio do casamento de nossos amigos!

Meu filhote e eu no casamento dos amigos

Meu filhote e eu no casamento dos amigos

Curtimos demais o lindo hotel Biltmore, que fica em Coral Gables outro bairro super legal e chique para se ficar (na verdade muitos acham que Coral Gables nem é Miami -ôps-). Para mais dicas de Coral Gables veja no site “Dicas da Flórida“.

Voltando ao hotel Biltmore, um hotel chiquerésimo, com sua enorme piscina e beleza. Num dos dias do “casamento”, dia do brunch,  passamos todo o dia por lá. Com direito a sol, piscina e mar. E amigos, claro!

A recepção do casório também foi lá, mas apesar de super animada, teve que ser na parte interna do hotel porque choveu. O sol da Flórida resolveu se esconder um pouco naquela tarde. Mas, ainda teve o jantar da véspera também lá (nesse dia não choveu e foi ao “ar livre”), de modo que curtimos esse hotel por uns três dias!

No Biltmore Hotel

No Biltmore Hotel

IMG_2877

A piscina…

1.3- E o que mais fizemos?

Ah, nessa viagem também fomos em Miami Beach (South Beach), demos umas caminhadas pela orla (até com direito a pé na areia) e pela Lincoln Road também. Aliás a Lincoln Road Mall (uma grande parte da Lincoln) é uma espécie de shopping a céu aberto, mas anda meio decadente (ao meu ver).

IMG_2926

Nas areias de Miami Beach

IMG_2930

Eu e meu filhote num bar na Lincoln Road

2. Maio em Miami Beach

Desta vez nosso plano era ir para New Orleans. Maio deste ano, 2015. Fui eu e meu marido e iríamos encontrar nosso filhote, que mora em San Francisco, lá. Teríamos uns dias a mais e queríamos ir a NYC porque amo aquela cidade. Mas meu filhote falou que iria ficar “meio apertado”, etc. e nos convenceu (e nos convencemos) que, depois da nossa visita à New Orleans, o melhor era ficar em Miami mesmo (o voo sairia de lá).

2.1- O Hotel

Ficamos em Miami Beach num hotel à beira mar (hotel simples, mas super bem localizado e com ótimo custo-benefício, na Ocean Drive e com excelente vista para a praia).

E resolvemos curtir apenas os arredores.

Vista da terraça de nosso hotel

Vista da terraça de nosso hotel

2.2- Então o que fizemos?

Chegamos tarde da noite e os bares e restôs estavam fechando. Daí, depois de nos alojarmos no hotel, tivemos que ir numa lanchonete-trailer, indicada pelo recepcionista de nosso hotel, e que ficava super perto e tinha comida gostosinha e saudável.

Eu ainda fiquei um pouco apreensiva em andar por ali naquelas horas da noite, com os restôs fechados, pouca gente nas ruas (e de vez em quando apareciam uns grupos de pessoas já um tanto embriagadas), mas meu marido me convenceu e fomos. Também, se não fóssemos, iríamos “morrer de fome” (risos).

No trailer-lanchonete

No trailer-lanchonete

E nos outros dias? Andamos e andamos pela Collins (ficava logo atrás da rua em que estávamos, a Ocean Drive), pela Lincoln Road (principalmente) e outras ruas nos arredores. E pelo calçadão da orla também, é claro. Inclusive de bike!

yogurt-trees

A Lincoln Road (fonte)

Lincoln Road (fonte)

Lincoln Road e a multidão de gente que sempre tem por lá (fonte)

Caminhando pela orla de Miami Beach

Caminhando pela orla de Miami Beach

thumb_IMG_7220_1024

De bike pela orla de Miami Beach

Na Lincoln você encontra muitas lojas e bares. É bem animada, mas eu particularmente acho (um pouco) com cara de decadente. Mas, fomos em livrarias (a Taschen em especial), em restaurantes legais. Então vou falar um pouco desses restôs.

Lincoln Road Mall

Na Lincoln Road Mall, em frente a “Taschen”. Adoro esses livros!

2.3- Os restaurantes que fomos

a) Sushi-Samba (gostei muito mais do de NY, esse da Lincoln achei o local um pouco “fraco”, aliás a maioria dos prédios da Lincoln não estão nada bonitinhos…).

No Sushi Samba da Lincoln

No Sushi Samba da Lincoln. Almocinho básico!

b) Juvia (muito bom) – Adorei. Tem uma vista maravilhosa e uma comida ótima com drinks perfeitos.

Vista do Juvia

Vista do Juvia

No Juvia

No Juvia. Um jantar ótimo!

c) Mas, falando ainda em restôs fomos em um praticamente novo, o Matador Room, que fica na Collins Av. e num ótimo super e todo reformado lindo hotel (o Edition), bem como o restô e o ambiente externo onde ficam as piscinas e tem um terraço legal onde você pode também jantar ou almoçar, com excelente vista. O ambiente é também lindo e a comida deliciosa!

O Matador Room (foto)

O Matador Room (foto)

thumb_IMG_7274_1024

Área externa

thumb_IMG_7275_1024

Terraços

d) E, ainda sentamos e petiscamos em alguns dos bares da orla de Miami Beach (a paisagem é legal mas acho que os restaurantes da orla não são lá essas coisas não…).

thumb_IMG_7210_1024

Num rest-bar na orla

e) E terminamos nosso tour por restaurantes num italiano (o Cecconi’s) muito bom!

thumb_IMG_7290_1024

Cecconi’s. Área externa

thumb_IMG_7289_1024

No Cecconi’s

2.4- E, já que estávamos na praia…

Caminhamos também pela praia com direito a banho de mar e tudo o mais. Bye bye! Acho que ainda aterrizaremos por lá outras tantas vezes…

Caminhada e banho de mar...

Caminhada e banho de mar…

Obs. Miami tem muito mais coisas a se fazer. Mais dicas em uma entrevista dada para o blog (na seção “Você no Mundo) de uma “quase” moradora de lá (leia aqui). E se quiser ver minhas dicas de forma mais resumida e sistematizadas, clique aqui.

 

Avalie esta postagem


Engenheira por formação, fez doutorado em Madrid onde começou sua paixão pela Europa. Aprendeu, com seus pais, desde criança a gostar de viajar. Adora viajar e diz que "sem viajar não me reconheço"! Escreve sobre suas viagens pelo mundo afora de forma divertida e leve. Escritora por hobby, além desse blog tem dois livros de viagens publicados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...
%d blogueiros gostam disto: