Site com dicas de viagens.

Miami (vista por Tereza Tinoco)

Avalie esta postagem

1 – Um destino:

Miami, sendo que vista de forma diferente, e não somente como um “shopping a céu aberto.

2 – Uma historia interessante:

Sempre que se vai a Miami, com olhos de “viver Miami”, é divertido e interessante. São muitas histórias…

É melhor dizer que Miami é pra se vivenciar. Suas praias, seus restaurantes, seu clima… E, porque não também suas lojas? Miami tem a vantagem de ser um “shopping a céu aberto”, pois além de seus shoppings tradicionais, suas ruas cheias de lojas de grife (ou não), são convidativas pra se comprar, e ao mesmo tempo parar num café, degustar um bom vinho, uma “mimosa”…. É muito agradável tomar um café entre as compras, ou simplesmente num passeio sem compras.

Miami tem ainda a vantagem de se fazer quase tudo a pé, dependendo do bairro, claro. Caminhar pelas ruas de Miami Beach (South Beach) ou Coconut Grove, é um jeito interessante de curtir Miami.

As praias são de areia branca e suas águas são mornas e cristalinas. Em termos da areia e da água, parece um pouco com nosso nordeste brasileiro.

Lá tudo funciona muito bem, como em todo os EUA, com a vantagem do calor latino. E, a língua, aliás, as duas línguas faladas, ajudam na comunicação. Quem tem dificuldade com o inglês, “arranha” um pouco de espanhol, e “se vira”. Uma barreira a menos!

Em termos culturais, apesar de não ser uma cidade cheia de museus ou lindas construções históricas, é uma cidade contemporânea com o melhor que se pode oferecer. Tem algumas galerias de arte e tem uma das maiores exposições e feira de arte do mundo (a Art Basel),  que ocorre na primeira semana de dezembro… Enfim, o que tem é de muito bom gosto.

E, por outro lado, tem um clima agradável, um calor humano e muita diversão. Quer comer bem? Pode ir em Miami. É garantido.

Ainda em Miami, você encontra designers famosos do mundo inteiro. Franceses, italianos e muito mais. Miami é um pouco do mundo todo.

3 – O que é imperdível:

Em Miami, você pode ir à:

a) Bons restaurantes – Como exemplos podemos citar: 1) Os vários restaurantes de West Palm Beach, vizinho a Miami; 2) o Zuma (japonês contemporâneo), tido como o melhor de lá; 3) o Cecconi’s, no hotel Soho Beach House; 4) o Villa Azur, um italiano, onde nas quintas vira uma festa 5) o famoso Juvia;  6) o Quattro, um italiano na Lincoln; 7) o Baires, um argentino com ótima carne e a melhor empanada de Miami; 8) o Sardinia outro italiano em Miami Beach, etc…

b) Praias legais, em especial na região de South Point e entre as ruas 5 e a 1 – Você pode frequentar o Nick Beach Bar ou o La Piagge (Beach Club), por exemplo. Pode ainda curtir um “day use” no Hotel Delano ou no Soho Beach House, ou ainda no Setai, entre outros hotéis.

c) Passeios de barco (lancha, veleiro…) – Você pode alugar com ou sem marinheiro, se quiser mais privacidade. Tem ainda passeios turísticos para ver os pântanos e jacarés (Everglades) ou passear pelos canais vendo as belas mansões, etc.

d) Lincoln Road  – andar a pé nela inteira, sentar num café aqui e acolá.

e) Bairros super interessantes, como Venetian Islands, South Beach, Coral Gables e West Palm Beach (mais bem uma cidade vizinha a Miami). O novo bairro Midtown conta om incentivo para se transformar num charmoso bairro, ou seja, outra alternativo de bairro bacana. Neles se encontram vários restaurantes excelentes e lojas de luxo. Quem gosta de arte e decor, não deixe de ir ao Design District onde tem muitas lojas de decoração, galerias de arte, etc. Ou seja, um mundo de coisas relacionadas a arte, design, moda, restaurantes e luxo em geral. Lá você também encontra o Haitian Heritage Museum.

f) Art  Basel (se você estiver lá ena primeira semana de dezembro, não deixe de ir) – Feira internacional de arte que acontece uma vez por ano em Miami. É o evento similar ao Art Basel na Suíça, o evento artístico mais importante do mundo nos últimos anos.  Art Basel Miami Beach é um novo tipo de evento cultural onde, além de exposição de arte, tem um intenso programa de atividades culturais, exposições, festas e eventos de música, cinema, arquitetura e design. A exposição acontece no distrito de Art Deco. Por perto você encontra praia e muitos hotéis e restaurantes.

g) Fazer compras, é claro.

Se preferir shoppings de luxo ou grifes vá ao Bal Harbor Shops ou ao Merrick Park Coral Gables, no meio de uma área verde linda onde você pode almoçar, escolhendo entre os vários restôs ao ar livre.

Já o Aventura, é o maior de todos os shoppings de Miami e onde se encontra um mix de tudo  (lojas como Nordstrom, Bloomingdale’s e Macy’s).

Também, não deixe de visitar lojas de grife no novo bairro Midtown.

Se prefere outlets pode ir ao Sawgress ou ao Dolphini (mas cuidado com a bolsa, há chances de você ser roubado/a se não estiver atento/a).

h) Se tiver mais tempo por lá, não deixe de visitar o Viscaya and Garden, um palácio lindo,  construído por um nobre espanhol e hoje um museu. Ainda pode visitar o planetário no Museu de Ciências (Miami Science Museum).

Sobre a Entrevistada:

Tereza Tinoco é proprietária do Espaço Tereza Tinoco, uma loja de moda, em Natal/RN, que vende marcas de diversos estilistas brasileiros famosos. Tereza é uma expert na área. Adora a  moda, e a complementa com seus conhecimentos de história, arte, mundo e a contemporaneidade do vestir. Tem um apartamento em Miami, onde vez por outra “aporta” lá.  Ou seja, vive “no mundo”. Ama viajar pelo Brasil. Ama viajar pelo mundo!

Avalie esta postagem


Engenheira por formação, fez doutorado em Madrid onde começou sua paixão pela Europa. Aprendeu, com seus pais, desde criança a gostar de viajar. Adora viajar e diz que "sem viajar não me reconheço"! Escreve sobre suas viagens pelo mundo afora de forma divertida e leve. Escritora por hobby, além desse blog tem dois livros de viagens publicados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...
%d blogueiros gostam disto: