Site com dicas de viagens.

Portugal: Roteiro pelo Alentejo, Douro, Trás-os-Montes e Minho (com aldeias e vilas)

Avalie esta postagem

Nossa viagem para Portugal, esse ano, foi programada para irmos à cidades pequenas, aldeias e vilas. E por quê? Porque estamos numa “vibe” de cidades pequenas ou até pequeníssimas, do tipo que possamos curtir muito o lugar, as pessoas, enfim conhecer um pouco mais…

Claro que conhecer à fundo é impossível em apenas uma única viagem (a não ser que a mesma seja dedicada exclusivamente à um único local e por um bom tempo…).  Fizemos isso em outros países, tipo passar mais tempo num só local, alugar uma casa ou ap. e tentar viver como se fosse um morador! Mas, não foi bem o caso desta vez pois tínhamos menos tempo… Então, vamos voltar à essa viagem portuguesa!

Aveiro

As cidades, vilas e aldeias que visitamos (em 18 dias, percorrendo em torno de 1650 km) foram as seguintes (em azul as que ficamos mais tempo, e em preto aquelas pelas quais apenas “passamos” e paramos nelas por poucas horas -ou fizemos um “bate&volta”-):

  • Porto
  • Aveiro
  • Coimbra
  • Fátima
  • Tomar
  • Marvão
  • Castelo de Vide
  • Idanha-a-Velha
  • Monsanto
  • Guarda
  • Provesende
  • Pinhão
  • Peso da Régua
  • Vila Real
  • Bragança
  • Rio de Onor
  • Puebla de Sanábria (Espanha)
  • Vigo (Espanha)
  • Baiona (Espanha)
  • Viana do Castelo
  • Ponte de Lima
  • Vila Nova de Cerveira

Para quem se interessar, vamos explicar a seguir nosso plano e roteiro, com mais detalhes.

1- A Pesquisa e a Decisão do Roteiro – Plano

Para chegar a um roteiro legal e elaborar nosso plano de Portugal, comecei pesquisando em aldeias de Portugal (aí descubro que existem aldeias históricas, aldeias de xisto, aldeias pitorescas, e por aí vai)… Além disso existem as vilas (cidadezinhas “entre” as aldeias e as cidades -tipicamente, em Portugal, as vilas têm entre 1.000 e 10.000 habitantes, mas… tem inúmeras exceções à regra-, blá, blá, blá). Aí, claro que não poderia ir à todas, então…

Pois…  Pesquisei bastante, li muito e conversei com um de meus irmãos que tinha ido no começo do ano para algumas aldeias em Trás-os-Montes e algumas cidadezinhas na região do Minho. Também peguei dicas com uma amiga que por lá mora e com outros conhecidos que viajaram para essas bandas… E assim fui decidindo.

Levei em conta as regiões que eu queria ir (Alentejo, Douro, Trás-os-Montes, Minho), o tipo de infra-estrutura que havia nas aldeias dessas regiões, verificando também se era ou não muito distante do meu roteiro imaginário> E por aí fui… listando, cortando, aumentando, selecionando etc. e tal…

1.1- Entendendo melhor Portugal e o nosso Roteiro:

Para entender melhor as regiões de Portugal, segue o mapa (embora não tenha valor administrativo, assim é conhecido Portugal):

Para entender as regiões do país, tem esse mapa, mas que não influencia no governo, por não é legalizado, por assim dizer.

Nosso Roteiro (de acordo com o mapa acima):

a) Do Alentejo fomos apenas ao norte, o que chamam de Alto Alentejo (preciso conhecer muito mais).

b) Do Douro, já tínhamos ido antes, no Alto Douro, então foi mais fácil  (dessa vez fizemos diferente: ficamos hospedados em uma aldeia, no alto de uma colina).

c) De Trás-os-Montes fomos apenas à Bragança e arredores, e…

d) Do Minho, conhecemos um pouco de tudo que estava por perto de Viana do Castelo…

Entretanto, Portugal -administrativamente- é dividido em 18 distritos, os quais têm uma divisão semelhante a dos estados brasileiros. Os distritos levam o nome da principal cidade de cada grupo. Vejam o mapa a seguir:

Os 18 Distritos de Portugal. Cada um tem um governador civil.

Nossa viagem incluiu, então, os Distritos* portuguses de: a) Porto (cidade do Porto), b) Aveiro (Aveiro), c) Coimbra (Coimbra – de passagem), d) Santarém (Fátima e Tomar – de passagem), e) Portalegre (vilas de Marvão e Castelo de Vide), c) Castelo Branco (aldeia de Monsanto), d) Guarda (Guarda – de passagem), e) Vila Real (aldeia de Provesende, Pinhão, Peso da Régua e Vila Real); f) Bragança (Bragança e a aldeia de Rio de Onor); g) Viana do Castelo (Viana, Ponte de Lima e Vila Nova de Cerveira). Além disso entramos um pouco na Espanha.

*Obs. Não é tão simples entender Portugal administrativamente, então tentarei simplificar em termos gerais. Cada Distrito é dividido em Concelhos, os quais por sua vez são sub-divididos em Freguesias (que são as menores divisões administrativas de Portugal). Em Portugal  existe uma diferença entre os conceitos de “concelho” e “município”. Concelho é uma “divisão territorial, administrada por um município”, enquanto que município é uma “autarquia local, constituída por diferentes órgãos. Aqui, nesse canal do YouTube, tem uma explicação interessante.

No mapa abaixo se pode ter uma ideia de nosso percurso:

O percurso que fizemos de carro. Começamos por Porto e terminamos também em Porto. Ao redor de 1650 km, contando os bate&voltas.

Alguns lugares famosos, que estavam próximos à nossa rota, não fomos! E por quê? Porque ou já conhecíamos (como Guimarães) ou realmente não nos interessamos em ir devido ao “tamanho” da cidade. E também não queríamos fazer uma maratona de tantas cidades, pois menos é mais nesse quesito de conhecer melhor.

Outros locais até repetimos, como:  1) Algumas pequenas cidades da região do Douro. 2) Coimbra e Fátima, que nem íamos, mas tava ali no caminho e… pah: apenas passamos uma horinha em cada uma delas. 3) Porto, porque era lógico (nela estava o aeroporto de onde chegaríamos e de onde partiríamos , e mais por uma questão de paixão pela cidade – e amor nem se discute, né?-)

2) Então, eis nosso roteiro (cidades, vilas e aldeias de dormidas/bases):

Primeiramente vamos tentar diferencias cidades, vilas e aldeias, sob o conceito português. As vilas ficam entre as aldeias e as cidades. Costumam ser localidades mais desenvolvidas, mas menores que uma cidade e maiores que uma aldeia, e têm entre entre 1 000 e 10 000 habitantes. Entretanto, existem exceções à regra, como motivos históricos e flutuações populacionais (ufa!). Normalmente várias aldeias costumam ter seus principais serviços prestados na vila mais próxima a sua localidade.

-Porto (cidade): Não é pequena mas queríamos revê-la, e era onde nosso voo chegaria e de onde partiria. No aeroporto mesmo já pegamos nosso carro alugado e zarpamos para Aveiro. Só na volta foi que ficamos 03 dias por lá!

-Aveiro (cidade) – Estava no caminho para o Alentejo, ficava perto do Porto e parecia legal). Na saída de lá passamos por Coimbra, Fátima e  Tomar (essa última que vale super a pena).

Aveiro

Tomar

-Marvão (vila) – Uma vila na região do Alentejo, e vizinho havia outra vila: Castelo de Vide.

Marvão

Castelo de Vide

-Monsanto (aldeia) – Uma aldeia no caminho para o Douro, com outra vizinha aldeia: Idanha-a-Velha.

Monsanto (aldeia)

Idanha-a-Velha (aldeia)

-Provesende (aldeia)– Uma aldeia no Douro. De lá poderíamos rever lugares que fomos em 2012 e rever amigos que por lá fizemos (nossa primeira viagem ao Douro foi em 2012 (para ver o post clique aqui).

Provesande

O Rio Douro, por perto de Peso da Régua, no veleiro de nosso amigo (Douro a vela)

-Bragança (cidade)– Não é tão pequena, mas ficamos num lugar super mara-dentro das muralhas- e pertinho de lá havia uma aldeia “famosa”: Rio de Onor. De lá fomos também até Puebla de Sanabria, uma linda pequena cidade, já na Espanha.

Bragança

Rio de Onor (aldeia)

Puebla de Sanabria (Espanha)

-Vigo (cidade)- Já é Espanha, não é pequena e não estava nos nossos planos originais. Mas como era meu niver e uma amiga me deu a dica de um hotel super legal à beira-mar, etc. e tal…. Ademais era pertinho de Baiona, cidadezinha que me recomendaram muito e que amei.

Vigo (Espanha)

Baiona (Espanha)

-Viana do Castelo (cidade) – Pequena, linda e pertinho de outras menores como Ponte de Lima e Vila Nova de Cerveira. Fica na região do Minho, ou seja, já no nosso retorno para Porto.

Viana do Castelo

Ponte de Lima

Vila Nova de Cerveira (vista do restô Casa das Velhas)

-Porto (cidade),  nosso “porto” de chegada e de onde retornamos.

Porto

Total de dias da viagem : 18

3) Quantos dias em cada uma dessas cidades?

  1. Aveiro – 03 dias (na verdade 03 noites e 02 dias inteiros – como nessa época os dias são longos pois só anoitece depois das 21h., então se aproveita muito mais). Entre Aveiro e Marvão curtimos muito as estradinhas e paramos em Coimbra, Fátima e Tomar.
  2. Marvão– 02 dias (de lá fizemos um bate&volta até outra aldeia: Castelo de Vide que é super perto). Entre Marvão e Monsanto, paramos em Idanha-a-Velha, mais uma bela aldeia (já pertinho de Monsanto).
  3. Monsanto– 01 dia. Aldeia que dá para curtir demais em um único dia, desde que bem aproveitado. Entre Monsanto e Provesende paramos em Guarda.
  4. Provesende– 02 dias. É também uma aldeia (De lá fomos à Peso da Régua, Pinhão e à Vila Real).
  5. Bragança – 02 dias (de lá fomos à aldeia Rio de Onor e chegamos até a Espanha em Puebla de Sanabria). Depois, fomos direto para Vigo.
  6. Vigo – 02 dias. Na volta, no caminho para Viana passamos, curtimos e almoçamos em Baiona, cidadezinha que me recomendaram muito e que amei.
  7. Viana do Castelo– 03 dias (de lá fomos conhecer as praias da regão e a linda cidadezinha de Ponte de Lima, e ainda Vila Nova de Cerveira). Viana, recomendada também pelo meu irmão, incluindo o hotel “diferente e charmoso”, fica na região do Minho, ou seja, já no nosso retorno para Porto.
  8. Porto – 03 dias

Em resumo, entre aldeias e vilasvisitamos 06  (Marvão, Castelo de Vide, Monsanto, Idanha-a-Velha, Provesende e Rio de Onor). As cidades, não eram cidades grandes, exceto Porto e Vigo.

Nos próximos posts conto detalhes de cada cidade, vila ou aldeia que visitamos. Começando por Aveiro! Vamos lá?

 

 

Avalie esta postagem


Engenheira por formação, fez doutorado em Madrid onde começou sua paixão pela Europa. Aprendeu, com seus pais, desde criança a gostar de viajar. Adora viajar e diz que "sem viajar não me reconheço"! Escreve sobre suas viagens pelo mundo afora de forma divertida e leve. Escritora por hobby, além desse blog tem dois livros de viagens publicados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...