Site com dicas de viagens.

Praias do RN: Dicas de Hotéis e Pousadas (1)

Depois de alguns posts sobre as nossas praias (litoral sul e litoral norte), vamos dar umas dicas de alguns hotéis ou pousadas legais (em praias) em que já nos hospedamos, e alguns super recomendados por amigos. Uns são do roteiro de  charme, outros “apenas” charmosos, uns mais simples e outros mais sofisticados. Vamos lá!

Neste post vamos dar dicas de hospedagens em praias urbanas de Natal e em praias do litoral sul. Em outro post daremos as dicas do litoral norte, ok?

Os hotéis mais charmosos, mais bacanas e (às vezes) mais caros  (ôps) terão ao lado o símbolo (*$). E, podem não ser baratos, mas valem a pena! Vamos conferir?

1) Em Natal (em Praias Urbanas).

Indico dois, um em Ponta Negra e outro na Via Costeira (que já fiquei hospedada mesmo: dormi, almocei, curti…):

Manary (*$)– Um hotel pequeno, do “Roteiros de Charme”, tem uma localização excelente. Fica em Ponta Negra, na praia mais famosa de Natal, e num ponto onde não é muito tumultuado, pois tem inclusive cadeiras na praia para os hóspedes. O hotel em si já é bem legal, com uma vista de tirar o fôlego, um restaurante bacana e piscina frente ao mar. Se não ficar lá, vá pelo menos almoçar um dia!

Fiquei uma vez na suíte principal (Princesa) que é perfeita. Outra vez fiquei em um dos aps. mais simples e mesmo assim gostei muito. Claro que se puder, escolha uma ap. com varanda e vista para o mar!

No Manary. Piscina e área externa do restô.

Vista de uma das suítes. Manary.

Seahrs – Um hotel maior (embora eu prefira mil vezes hotéis pequenos, pois são mais personalizados). O Seahrs fica na Via Costeira, e tem uma praia praticamente particular. De lá, pode-se ir caminhando até Ponta Negra (pela beira-mar ou pelo calçadão). Fiquei em uma das suítes principais, com um terraço enorme e com piscina privada. E, claro, uma super vista.

2) No Litoral Sul

(As praias que estão riscadas, não quer dizer que não tenham pousadas e sim e que eu não tenho indicações).

 Cotovelo – Tem dois flats interessantes à beira-mar: 1) Dunas de Cotovelo, menor e mais aconchegante/charmoso; e o 2) In Mare Bari  que é maior, mas com ótima estrutura (procurar no airbnb ou bookink.com). E tem um hotel que que já me hospedei, mas fica do outro lado, ou seja tem que atravessar a rua para chegar na praia: 3) Blue Marlin (faz um tempinho que não vou lá… não posso avaliar como está agora mas antes era bom -melhor checar no TripAdvisor-).

A praia de Cotovelo é super perto de Natal. Para quem está com carro é uma opção. Pertíssimo também da praia de Pirangi. Quanto aos três hotéis indicados: apesar de eu gostar mais dos dois primeiros hotéis/flats (em especial o primeiro, porque prefiro sempre lugares menores e mais charmosos), o banho de mar em frente ao terceiro hotel é melhor.

Pirangi

Búzios:  Pousada Cocoa: Beira-mar, pequeno e legal. Prefira os quartos com varanda com vista (frente ou lateral). A suíte principal é a melhor opção (experiência própria)!

Búzios fica pertinho das duas praias de Pirangi (especialmente Pirangi do Sul) e de Tabatinga.

Pousada Cocoa

Tabatinga

Camurupim: Praia Bonita – não fica à beira-mar mas é como se ficasse, pois não há nenhuma construção em frente e a rua que você deve atravessar para chegar na praia é super estreita: rapidinho você chega na praia. Tem uma piscina enorme que vai do primeiro ao último chalé; é como se você tivesse uma piscina “própria”. No resto tudo normal, nada de luxo, é bem razoável.

É uma boa opção para quem quer conhecer Tabatinga e Barreta pois dá para ir a pé, e não fica longe de Búzios. E, de repente dá até pra você fazer uma bate&volta para Pipa.Tem alguns bares na beira-mar por perto.

Barreta

Tibau do Sul (opção para quem não quiser ficar dentro de Pipa, mas quer ficar perto): 1) Girassóis Lagoa (não fica beira-mar, mas tem ótima estrutura) e o 2) Hotel Ponta do Madeiro (*$(com um visual incrível, chalés charmosos e um ótimo restaurante, fica na beira-mar porém tem que descer uma escadaria para chagar na praia; mas vale a pena).

No hotel Ponta do Madeiro.

Pipa:

Os 04 melhores que já fiquei:

I) Toca da Coruja (*$), pertencente aos Roteiros de Charme. Fica na rua principal (a mais badalada), mas não é beira-mar. Porém através de uma escadaria quase em frente, você acessa a praia. Muito bom, com piscinas ótimas, dentro de uma reserva de mata e um excelente restaurante. Lugar lindo. Se não ficar hospedado(a) lá, reserve um dia para jantar!

Uma das piscinas da Toca da Coruja

Em um dos chalés da Toca da Coruja

II) Marlin’s (*$), um hotel boutique. Localização super central, em “cima” da rua principal (fica por trás do hotel) e à beira-mar. Vale a pena pedir os aps. da frente, especialmente a suíte principal que é um charme (fiquei nela!)! Tem um bom restaurante e um ótimo visú.

Na piscina do Marlin’s (meus pés rsrss)

Suíte no Marlin’s (foto do site oficial).

III) Sombra & Água Fresca (hotel) (*$)- Um hotel maior, com ótima estrutura, mas um pouco distante da principal rua (entretanto dá para ir caminhando). Não é beira-mar mas tem uma super vista. Tem também um spa bem legal em outra área (que também conta com chalés próprios) e um resort (por trás do hotel). No hotel peça um quarto com vista para o mar!

No “Sombra e Água Fresca Hotel”. Uma caipirinha no coco!

Vista da área da Piscina: Sombra e Água Fresca Hotel.

IV) Bupitanga (*$), muito bonito, em cima das falésias (chapadão de Pipa). Tem alguns chalés com piscina própria. Também um pouco distante da principal rua, porém há táxis à disposição (é só pedir na recepção do hotel). Vale a pena para quem quer mais calma.

Em uma das piscinas privadas de um chalé. Bupitanga

No portão do Bupitanga. Em pleno Chapadão de Pipa.

Outras pousadas mais simples em Pipa, mas boas (ou menos sofisticados): Pousada da Ladeira (bem localizada, na rua principal e perto da praia, mas peça sempre os quarto com varandas porque os outros são meio escuros… uma pousada para quem não é muito exigente, mas que tem um ótimo custo-benefício); Pipa Atlântico (fica na rua principal, com chalés razoáveis e tem uma ótima piscina).

E alguns melhores do que os que falei dessa categoria “mais simples”: a Pousada da Tartaruga, que na verdade não é tão “simples”, nem barata (Ôps); é pequena e charmosa, e fica também na rua principal (vizinha à famosa Toca da Coruja).  Tem também a Pousada dos Girassóis e o Spa da Alma, porém ficam um pouco mais longe das atrações principais (embora do primeiro dá pra ir a pé, e o segundo tem um carro da pousada para fazer o “leva e trás” – e tem chalés grandes e legais).

Existem outros em Pipa que me hospedei, mas não indico. E claro tem outros que nem testei portanto não posso opinar. Pipa tem milhares de opções!

E as opções para as praias mais distantes de Natal após Pipa: 

Barra de Cunhaú- Fiquei umas duas ou três vezes em uma pousada simples (Pousada do Forte), e não é beira mar, mas é boazinha. Barra de Cunhaú era uma opção que eu “usava” para de lá fazer passeios de bike até Pipa, Baía Formosa, etc.  Tem outra pousada que fiquei e é beira-mar, mas num estilo muito “normal”: Blue Resort.

Baía FormosaLa Bonita (charmosinha, “colorida” e beira mar -embora tem que descer uma escadaria-;  e com vista para o mar). Fui lá tomar uns drinks mas ainda não me hospedei, porém tive boas indicações de amigos que já ficaram lá.

Sagi – Dois hotéis/pousadas legais: Sagi Iti (*$) – beira-mar e muito charmosinha; e a Sambugi (*$)- com apenas dois chalés e uma super vista; para quem quer algo mais intimista. Também não fiquei ainda em nenhum dos dois, apesar de ótimas recomendações de vários amigos. A primeira é bem difícil conseguir vaga, portanto se quer ir, reserve com muita antecedência.

Sagi Iti (foto do site da pousada)

Bom, daqui pra frente começam as praias da Paraíba. Depois falaremos sobre elas.

E no nosso próximo post indicamos hospedagens nas praias do litoral norte do RN!

Obs. final: Aqui eu apenas indiquei pousadas e hotéis em que já me hospedei. Portanto é claro que há muito mais pousadas e hotéis nessas praias, mas me limitei àquelas que conheço e que gostei (e algumas outras indicadas por amigos em que confio). Outras em que me hospedei e não gostei, nem as coloquei na lista.

 

 

 

 

 

 



Engenheira por formação, fez doutorado em Madrid onde começou sua paixão pela Europa. Aprendeu, com seus pais, desde criança a gostar de viajar. Adora viajar e diz que "sem viajar não me reconheço"! Escreve sobre suas viagens pelo mundo afora de forma divertida e leve. Escritora por hobby, além desse blog tem dois livros de viagens publicados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...